Empregos no Tocantins
Tocantins admitiu 5.371 pessoas em março
Publicado em: 05/05/2017 ás 10:45:00 Fonte: T 1 noticias

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) apontam que o Tocantins ficou em quinto lugar entre os estados brasileiros que tiveram saldo de emprego positivo no mês de março de 2017. O Estado está atrás de Rio Grande do Sul (RS), Goiás (GO), Mato Grosso do Sul (MS) e Paraná (PR).

 

No mês de março de 2017, o Tocantins admitiu 5.371 pessoas e desligou 5.247. Isso significa 124 postos de trabalho garantidos no referido mês. Já fevereiro, que fechou com 635 admissões ajudou a  colocar o Estado, por dois meses consecutivos em boa posição de colocação de vagas de emprego.

 

Vale mencionar que no Tocantins, os setores de serviço e comércio foram os responsáveis por estes acréscimos, embora o setor agropecuário terminou o mês com saldo positivo de 172 postos. O Caged registrou ainda que se comparado o mês de março de 2016 com março de 2017, o primeiro foi negativo em 334 postos, já o segundo, positivo em 124 postos.

 

Araguaína encabeça o saldo positivo pelo segundo mês consecutivo. Na cidade foram admitidas 826 pessoas e desligadas 785, com saldo de 41 postos de trabalho. Se igualmente comparado esses números de março de 2017 com março de 2016, houve uma queda de desligamento de emprego de 29,4%.  O Caged caracteriza “desligamento”, pessoas que foram demitidas, as que vieram a óbito e também aquelas que se aposentaram no período da coleta das informações.

 

O gerente do Observatório do Trabalho do Tocantins, Rairivaldo Novaes, acredita que o saldo positivo pode estar relacionado ao desempenho dos setores de serviços e agropecuário.

 

A secretária do Trabalho e da Assistência Social (Setas), Patrícia do Amaral observou com positividade o acréscimo de vagas. Como Estado, estamos felizes porque emprego é dignidade para as pessoas é a garantia de uma vida melhor para as famílias e a honradez dos compromissos”, pontuou, acrescentando que, “apesar da crise a equipe do Sine trabalha incansavelmente em busca de empregos junto aos empresários e dando suporte com qualificação profissional aos que procuram o Órgão”, finalizou.

 

(Com informações da Ascom/Setas)